close

População do Sudão do Sul morre por falta de alimentos

Redação Pop Mundi 23/02/2017 00:00

Mais de cem mil pessoas correm o risco de inanição no Sudão do Sul, em razão da falta extrema de alimentos. Estima-se que hoje 250 mil crianças sofram de severa desnutrição no país africano, que passa por uma guerra civil iniciada há mais de três anos.

O Sudão do Sul declarou sua independência em 2011, quando a população decidiu em referendo se separar do Sudão, após décadas de conflito. Mas divergências políticas entre os dirigentes deram início a rivalidades étnicas e massacres sangrentos.

Atravessado pelo Nilo e com potencial agrícola, recursos minerais e petróleo, o país enfrenta colapso em sua economia. Recentemente a ONU e o governo declararam estado de fome, especialmente na região norte, onde os conflitos com os rebeldes são mais intensos.

 Além da escassez de alimentos, a população sofre com falta de água potável, de hospitais e constantes bombardeios.


Podcasts
30/05/2020
Padre Marcelo: ouça o programa de hoje
29/05/2020
Padre Marcelo: ouça o programa de hoje
22/05/2020
Padre Marcelo: ouça o programa de hoje
21/05/2020
Padre Marcelo: ouça o programa de hoje
20/05/2020
Padre Marcelo: ouça o programa de hoje