close

Ela achava que o crime seria perfeito, diz mãe de Núbia Ribeiro

Marcos de Paula 07/01/2018 21:38

Pouco mais de três meses se passaram após o assassinato da comerciante Núbia Ribeiro, 21, mas a dor da saudade será eterna para a mãe, Tânia Ribeiro, familiares e amigos da jovem.

Morta com requintes de crueldade no dia 24 de setembro do ano passado, Núbia deixou um legado de amigos e uma lacuna no coração da mãe que vive buscando forças para continuar lutando por justiça.

Mesmo com a dor da perda da única filha, Tânia ainda buscou forças para seguir trabalhando e tentando mostrar que a vida, apesar de cruel, precisa continuar. Foi com o apoio de amigos e familiares que ela realizou um bazar com as roupas que ficaram na loja que a filha comandava na Avenida Brasil.

Na ocasião, em meados de novembro, ela reverteu todo o dinheiro arrecado com a venda, para ONGS (Organizações não Governamentais) que cuidam de animais abandonados.

Na tarde deste domingo (7), Tânia que ainda não havia exposto, desde a morte da filha, Núbia Ribeiro, sua indignação referente aos suspeitos do crime, quebrou o silêncio. Ela usou sua rede social para compartilhar com amigos, a dor que está sentindo. 

Segue abaixo o texto publicado pela empresária Tânia Ribeiro neste domingo

Hoje amanheci com vontade de desabafar...

Ela achava que o crime seria perfeito.

Crimes perfeitos não deixam suspeitos e nem tão pouco tantas provas.

Esses dois monstros tiraram tudo de mim. Minha alegria, meus sonhos,minha razão de viver, minha âncora,minhas perspectivas... enfim tudo. Deixaram um vazio, uma ferida que dói 24hrs,um sentimento de impotência diante à vida de minha filha.

Mas quero que vc Lauane saiba que minha filha sentiu dó de vc quando vc foi no brechó e constatou que seu namorado quando largou de vc procurou ela, saiba que ela ficou triste depois de se colocar em seu lugar...e disse que ia conversar com Leonardo pra ele não a procurar mais...Mas vc ficou sabendo que Núbia conheceu a mãe do Leonardo é ela adorou a Núbia. Do contrário de vc.

 Pelo que sei vc sempre foi uma menina má,invejosa, fria, mal amada.Sua amiga que foi no brechó com vc sabia do seu plano... Vc até pediu à ela que fosse seu alibe caso acontecesse algo,era pra ela dizer que estava com vc no show do Pixote. Ela pelo jeito não aceitou...poderia ter evitado toda essa tragédia.

E vc Leonardo, que nutria um sentimento de mero desejo pela Núbia, saiba que vc não significou nada pra ela, tenho certeza disso, quando falam que vc era o ex namorado da Núbia vc sabe que nunca foi namorado dela... e sim um simples "ficante" pois Núbia nesses tempos estava livre, desimpedida e sem intenção de namorar com ninguém. E sob ameaça,na covardia,no medo de perder quem sustentava vc,ou sei lá o quê, obedeceu o comando da Lauany, atraindo a Núbia pra uma emboscada...uma conversa que poderia ser aquela que Núbia havia dito que queria ter com vc... Pra vc não a procurar mais...

E agora? Realmente, vc não vai ter mais a Núbia pra procurar... Vcs foram cruéis, desumanos, vcs não tem nada no coração, são piores que bichos peçonhentos,selvagens... a Lei do homem pode até falhar, mas a dívida que vcs tem com Deus, não tem advogado que tire. Amigos me desculpem pelo desabafo, mas eu não estou aguentando tanta dor.

Lauany Viodres do Prado, Leonardo Cantieri, ambos de 20 anos e Ítalo Vinicius Neves, 32, seguem presos aguardando o julgamento. O trio responde pelos crimes de homicídio qualificado e ocultação de cadáver.


Podcasts
16/07/2018
"Porque ele fez isso?", diz mulher que viu o marido em chamas; Ouça!
14/07/2018
PM apreende drogas vindas de SP em Franca
14/07/2018
Pastoral do Menor assume atendimentos do Abrigo Provisório
13/07/2018
Conseg, Vigilância e PM fecham bares em Franca
10/07/2018
Jovem que esfaqueou empresário é indiciado por tentativa de homicídio
Radares em Franca

Av. Dr. Helio Palermo 60 km/h

Av. Brasil 60 km/h

Av. Alonso Y Alonso 60 km/h

Rod. Tancredo Neves 60 km/h

Av. Presidente Vargas 60 km/h

Av. Antonio B. Filho  60 km/h