close

"Mataram minha cachorra", diz dona de Shih-Tzu deixada em Pet Shop

Marcos de Paula 14/05/2018 21:22

A Polícia Civil vai apurar as circunstâncias que levaram a morte uma cachorra da raça Shih-Tzu, de nome Flor, deixada em um Pet Shop no último sábado (12). A dona do animal, uma gerente de loja de 32 anos, procurou a polícia e denunciou o caso.

De acordo com a sua versão constada em boletim de ocorrência registrado no 1º DP, a cachorra que deu a luz recentemente, foi deixada no início da manhã para passar por banho e tosa.

A dona do animal que trabalha no Franca Shopping, pediu para o marido buscar a cachorrinha mas a notícia não foi a esperada. O homem ligou desesperado para esposa e disse que "Flor" havia morrido.

Uma das poucas lembranças que sobraram da "cachorrinha"

Foto: Marcos de Paula/PopMundi

Querendo que fosse uma brincadeira, a gerente se dirigiu até o pet shop e encontrou sua cachorra já sem vida. Ela contou que não teve respaldo por parte da proprietária do local e não foi informada sobre o que ocorreu com o animal.

“Foi um desespero, imagina minhas filhas! A gente tem esses animais e eles se tornam nossos filhos, eu não estou acreditando” , disse aos prantos durante entrevista ao repórter Marcos de Paula.

O outro lado

Visando o jornalismo imparcial, nossa equipe fez contato com a proprietária do Pet Shop. Por telefone ela lamentou a morte da cachorra, mas disse que não teve culpa. Ela contou que deu o banho normalmente, como sempre fez, e após deixar o animal em uma das alas, ao voltar viu que já não tinha mais o que fazer.

Segundo ela, o animal pode ter sofrido de eclâmpsia, também conhecida como “febre do leite” ou tetania puerperal, é uma doença caracterizada pelo desequilíbrio de cálcio no organismo com a perda acentuada deste mineral. Esta patologia pode acometer diversos tipos de cadelas, sendo que é mais frequentemente observada nas menores que possuem grandes ninhadas, cerca de duas a quatro semanas após o parto.

Claro que isso é uma hipótese, o animal foi levado para a Unifran onde foi submetido a exames necroscópicos e um laudo deve apontar, em breve, a causa mortis do animal. A dona do Pet Shop deve ser ouvida pelo delegado Dalmo Mateus Polo.

 


Podcasts
17/10/2018
Jovem é internada na CTI após ter moto atingida por carro no Centro
17/10/2018
Mulher é suspeita de tentar matar marido a facadas no Jardim Paraty
17/10/2018
Cerimonialista é suspeita de aplicar golpe que passa de R$ 50 mil
16/10/2018
Diocese promove mudanças em 12 igrejas de Franca e região
15/10/2018
Prédio abandonado vai receber novo modelo de "Incubadora de Empresas"