close

Comerciante acusa erro médico após cirurgia que deixou sequelas

Thiago Garcia 04/08/2018 20:23

O dia 5 de julho de 2011 será certamente uma data para ser esquecida na vida de Eliane Freitas Honório. Moradora em Franca (SP), ela foi submetida a uma cirurgia vascular, mas o que era para trazer alívio e tranquilidade acabou virando um pesadelo sem fim.

De acordo com a mulher, um erro médico trouxe sequelas e transformou o dia a dia dela em muito sofrimento. Hoje com 49 anos, ela trabalhava como representante comercial no ramo de alimentos, mas após o processo cirúrgico ela não conseguiu seguir com a profissão e se aposentou ao passar por perícia. “Eu tenho certeza do que eu passei, do que eu vivo. Sinto várias dores e que às vezes eu preciso tomar até morfina, tem várias medicações que tomo todos os dias para eu continuar em pé e buscar ajuda e lutar por todos”, disse.

Além do problema de saúde, Eliane também trava uma "briga" judicial. Ela entrou com um processo contra os profissionais que fizeram a cirurgia e que continua na Justiça.

Mulher luta na Justiça contra suposto erro médico

Baseado na experiência vivida, a aposentada resolveu aderir ao Dia Nacional de Luta Contra o Erro Médico que aconteceu neste sábado (4) em todo o país. Em Franca, o evento foi realizado durane a manhã na Praça João Mendes, no início da avenida Presidente Vargas. 

Com o tema “É crime! Não deixe passar em branco, denuncie!”, o movimento tem como principal objetivo alertar a população para os casos de corrupção na saúde, além dos erros cometidos pelos profissionais.

Para Eliane, a luta não é contra os médicos, mas sim contra a classe médica, que segundo ela tem praticado violência, deixando sequelas para muitas pessoas. “Lutamos para que as vítimas recebam as indenizações que possibilitem os tratamentos e lutamos sim para alertarmos a população, então pedimos apoio a toda a população”, completou.

Enquanto a decisão da Justiça não chega, até mesmo as tarefas diárias ficaram prejudicadas. "Hoje não consigo fazer um faxina na minha casa. Fui em um aniversário e tive que ficar o tempo todo sentada, eu não aguento", completou.  

Ouça: 

 


Podcasts
14/08/2018
Ladrão leva 7 minutos para furtar caminhonete no Esmeralda; VEJA!
13/08/2018
Câmeras flagram suspeitos tentando invadir casas no Polo Clube; VEJA!
11/08/2018
"Olimpíadas de Medicina" terão mais de 3 mil atletas em Franca
10/08/2018
Mulher morre afogada ao cair em piscina na Vila Industrial
10/08/2018
Ladrão leva até câmeras de segurança de barracão e dono reclama