close

Justiça condena tio e sobrinho a 27 anos pela morte policial

Redação Pop Mundi 14/09/2018 08:26

Foram condenados a 27 anos de prisão, o comerciante Flademir Cândido Pereira e o sobrinho dele, Yuri Cândido Pereira pelo roubo seguido de morte do investigador de Polícia Civil, Luiz Henrique Zanoello, em Batatais (SP).

O latrocínio foi um dos crimes que mais repercutiu na região, em abril do ano passado, tio e sobrinho, planejaram o assalto enquanto a vítima e o amigo e também policial, José Carlos da Silva, faziam o transporte de malotes com R$ 360 mil de uma rede de supermercados.

Usando um Fiat Uno, Yuri interceptou o carro das vítimas, no cruzamento da Rua Dona Adorama Santos Dumont. Flademir chegou de moto, desceu e atirou na cabeça de Zanoello que morreu na hora, José Carlos também foi baleado e foi socorrido. Após inúmeras cirurgias, o policial ainda se recupera dos ferimentos.

Dinheiro foi recuperado, arma apreendida e autores presos / Foto: Arquivo

Na época, uma mega operação foi feita e os suspeitos foram presos, dinheiro recuperado, arma apreendida e o caso esclarecido. Na sentença a Justiça condenou Flademir a 27 anos e seis meses de prisão, enquanto Yuri foi condenado a 27 anos e um mês de reclusão. O advogado, Luiz Carlos Bento, que representa os acusados vai recorrer da decisão.


Podcasts
25/09/2018
Empresa aplica golpe e deixa noivos sem festa de casamento; Ouça!
25/09/2018
Pichadores atacam ponto de táxi e prédio da antiga Mogiana
25/09/2018
Crianças poderão "multar" pais que cometem infrações no trânsito
24/09/2018
Prefeitura investe R$ 50 mil na revitalização da praça na Estação
22/09/2018
"Eu achei que ia morrer" diz mulher atropelada na calçada; Ouça!