close

Alunos da região criam aplicativo para ajudar pessoas com TDAH

Redação Pop Mundi 30/10/2018 15:25

Com o intuito de ajudar na identificação de sintomas do Transtorno de Déficit de Atenção com Hiperatividade (TDAH), quatro alunos da Escola Técnica Estadual (Etec) Professor José Ignácio Azevedo Filho, de Ituverava (SP) criaram um aplicativo que traz informações e aplica um teste para auxiliar no pré-diagnóstico do transtorno.

Elaborado pelos estudantes Lucas Scherma, Priscila Cristina de Oliveira, Raquel Santos Custódio e Thiago Correa Rodrigues da Cunha, do Ensino Técnico Integrado ao Médio (Etim) de Informática, o projeto foi desenvolvido como Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) e chamado de TDAH Plataforma.

Alunos Raquel Custódio, Priscila Oliveira e Thiago Cunha,
ao lado do professor orientador Argeli Pedro de Lima (Foto: Divulgação)

Raquel explica que muitos pais têm dificuldade para perceber os sintomas nos filhos. “As pessoas não conhecem o TDAH e deixam de procurar orientação profissional, retardando o tratamento e seus benefícios”, explica. “Também é difícil saber até onde sinais de desatenção e impulsividade caracterizam um distúrbio psiquiátrico.”

Após consultarem uma psicóloga e uma psicopedagoga especialistas na área, eles desenvolveram o aplicativo que, além de auxiliar na identificação do transtorno, traz uma agenda de tarefas. “O usuário cadastra suas atividades e recebe um lembrete, o que ajuda os portadores de déficit de atenção a controlarem sua rotina”, diz.

Em dois meses, o aplicativo já obteve mais de 150 downloads. “A aceitação do público tem sido muito boa. Agora estamos em busca de parcerias com clínicas médicas e psicológicas para inserção de anúncios patrocinados e indicação de novas funcionalidades para os pacientes”, conta a estudante. 

Veja:

O app está disponível gratuitamente para download em sistema Android. Trata-se de uma ferramenta auxiliar, que não substitui a consulta a um especialista, conforme alertou o professor e orientador do projeto Argeli Pedro de Lima em entrevista ao repórter Thiago Garcia, pela Rádio Imperador e Pop Mundi.

O educador ainda lembrou que o projeto não possui nem uma propaganda, pois não tem o intuito lucrativo, mas sim despertar o potencial dos alunos e aliar a tecnologia em benefício das pessoas.

Ouça

Feira Tecnológica

A TDAH Plataforma é um dos projetos expostos na 12ª edição da Feira Tecnológica do Centro Paula Souza (Feteps). Entre as maiores mostras estudantis do País, a feira é totalmente virtual e pode ser acessada pelo site feteps.cps.sp.gov.br.

O grupo concorre na Categoria 4 – Informática e Ciências da Computação. Veja o estande do projeto.

“As tecnologias assistivas despertam cada vez mais o interesse dos jovens frente ao seu grande potencial de mercado. A feira tecnológica virtual reconhece a criatividade dos estudantes e ajuda a dar visibilidade aos trabalhos em busca de colaboradores para impulsionar o negócio”, afirma o professor Argeli Pedro.

A Etec de Ituverava apresenta ainda outro trabalho na mesma categoria. Trata-se de um dispensador automático de comprimidos, elaborado por alunos do curso técnico de Redes de Computadores.

Confira os projetos da categoria.


Podcasts
22/04/2019
Políticos convidam indústrias de Franca para se instalarem no RJ
21/04/2019
Escolas técnicas abrem inscrições para vestibulinho
17/04/2019
Líder do prefeito diz que contrato do transporte pode não ser renovado
17/04/2019
Kits escolares serão entregues até dia 30 na rede estadual; Ouça!
16/04/2019
Vândalos deixam rastro de destruição em escola do Jardim Éden