close

Prefeito de Franca é denunciado no MP e pode ter o mandato cassado

Redação Pop Mundi 11/01/2019 18:57

O promotor de justiça Paulo Cézar Correa Borges move uma ação civil pública por improbidade administrativa proposta pelo Ministério Público Estadual contra o prefeito de Franca Gilson de Souza.

O caso se refere ao aluguel pago durante o ano passado no prédio que abrigava a Incubadora de Empresas de Franca, na Rua Antônio Bernardes Pinto, no valor de R$ 9 mil mensais.

O promotor relata na ação que o prefeito foi orientado pela então secretária de desenvolvimento Flávia Lancha e outros subordinados e mesmo assim manteve o aluguel do local com contrato até março deste ano.

A ação que foi aceita pelo juiz Aurélio Miguel Pena, contabiliza R$ 313.974,40. Gilson pode ter o mandato cassado e perder os direitos políticos por até cinco anos.

Nota da Prefeitura

O prefeito Gilson de Souza não foi notificado oficialmente sobre o referido processo. Ele aguarda a notificação para se manifestar nos autos. Aproveita a ocasião para ressaltar que o aluguel pago no prédio da rua Antônio Bernardes Pinto está suspenso desde setembro de 2018 até que seja reativado. O imóvel está sendo revitalizado e abrigará, ainda neste mês, um novo projeto da Prefeitura Municipal.


Podcasts
16/01/2019
Mulher morre após ataque de pit bull em Ituverava
16/01/2019
ONG Franca Viva está com inscrições abertas para cursos gratuitos
16/01/2019
Programa Primeira Etapa terá inscrições somente pela internet
16/01/2019
Franca unifica procedimentos e lança plano de combate a dengue
15/01/2019
Trio invade fonte na área central para nadar e acaba detido