close

Cabeleireira tem órgão genital ferido durante tentativa de estupro

Redação Pop Mundi 11/02/2019 08:44

A Polícia Civil vai investigar a denúncia de uma cabeleireira de 20, moradora no Jardim Portinari. Ela alega que foi estuprada pelo ex-padrasto durante a madrugada do último sábado (9) enquanto dormia em sua residência.

O suspeito de 41 anos teria pulado o muro e entrado na casa através da janela da sala. A vítima foi surpreendida em seu quarto. Em posse de uma faca, segundo a cabeleireira, o homem tentou manter relação sexual contra a sua vontade.

Ela disse ainda que ao gritar por socorro foi esganada. O suspeito não teria conseguido o ato sexual, mas com o dedo ele acabou ferindo o órgão genital da vítima que teve inclusive sangramento.

O ex-padrasto que só deixou o imóvel por volta das 7h, disse que a vítima tinha que morrer, pois estava escondendo sua mãe dele. A jovem informou que sua mãe está em uma casa de apoio depois de ter sido agredida pelo ex.

A cabeleireira ligou para o pastor da igreja que ela congrega e se dirigiu até o Plantão Policial onde a ocorrência foi registrada e será encaminhada para a Delegacia de Defesa da Mulher (DDM).

 


Podcasts
13/02/2019
Programa sexual é frustrado e pintor é detido após invadir CDP de Franca; Ouça!
13/02/2019
"Tinha que morrer", diz sapateiro que assassinou estuprador; Ouça!
12/02/2019
Ministério Público investiga denúncias contra o prefeito Gilson de Souza
11/02/2019
Acidente entre ônibus e caminhão deixa 10 feridos no Centro
09/02/2019
Homem assassina a esposa com 10 facadas em Jeriquara