close

Graciela e Engler tomam posse na Assembleia Legislativa

Redação Pop Mundi 15/03/2019 16:01

A delegada Graciela assumiu, nesta tarde de sexta feira (15) em São Paulo, o mandato de deputada estadual, sendo a primeira mulher a assumir o cargo por Franca. Eleita no pleito municipal, em outubro passado, a ex-vereadora de Franca por três mandatos e delegada titular, por 25 anos, da Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) chega ao ápice de sua carreira política até o momento.

A cerimônia de posse da Delegada Graciela ocorreu no plenário “Juscelino Kubitschek”, na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo - a Alesp. Graciela já havia sido diplomada em dezembro e a posse oficializa seu mandato como deputada estadual. “Temos demandas na saúde, educação, segurança pública, habitação e também a questão do emprego. Vou trabalhar o tempo todo para obtermos avanços nestas frentes e em quantas outras for possível para Franca e região", diz a deputada.

Na política, Graciela tem grande prestígio com o eleitorado de Franca e região. Tanto que esteve próxima de se eleger deputada federal em duas oportunidades. Com média de 60 mil votos, só não assumiu o cargo em razão da linha de corte de seu partido à época, o PP. Para prefeita de Franca, mesmo contra a “máquina pública", obteve mais de 75 mil votos no segundo turno.

Graciela e familiares durante a posse na Alesp / Foto: Divulgação

“Fico lisonjeada com o carinho e a confiança da população de Franca e dos municípios da região. É uma grande motivação para que eu trabalhe muito em prol de nossa gente”, conclui Delegada Graciela.

Roberto Engler (PSB) também tomou posse para seu oitavo mandato como deputado estadual. Reeleito em outubro passado, com 69.969 votos, o parlamentar garante que a disposição para o exercício do novo mandato é a mesma de quando chegou à Casa. “Não interessa se é o oitavo ou o primeiro (mandato), a dedicação tem de ser total. É isso que a população espera”, afirma.

Roberto Engler assume oitavo mandato na Alesp / Foto: Divulgação

O deputado Roberto Engler revela ainda que sua forma de trabalho não deve se alterar. “A característica principal da nossa atuação está em ouvir as demandas que surgem das comunidades que representamos. Essa sensibilidade é que deve ser praticada constantemente, pessoalmente ou por meio da assessoria”, diz.


Podcasts
18/03/2019
Professora esquece celular em casa e acusa crianças de furto
16/03/2019
Canil da PM de Franca ganha novo filhote para treinamento
15/03/2019
Funcionário da Prefeitura encontrado morto na Vila Formosa
14/03/2019
Ladra furta duas cervejas em supermercado e chora ao ser presa
12/03/2019
Após briga, pespontador é esfaqueado no abdômen pela esposa