close

Não há coisa pior do que gente rabugenta. Você é?

Rocioli 19/06/2019 12:34

Sabe aquele tipo de pessoa que não tem uma palavra de otimismo? Que vê sempre dificuldade em tudo no que vê? Que talvez nunca tenha elogiado algo ou alguém, ou, se o fez, o elogio veio acompanhado de alguma crítica? E na maioria das vezes uma crítica pesada. Há mais pessoas assim do que você possa imaginar.

É lamentável, mas é real.  Existe um grupo de pessoas que defende a teoria de que quem critica demais o outro, está, na verdade, mal consigo mesmo. A qualidade das nossas conversas é o espelho perfeito daquilo que dizemos a nós mesmos, mesmo sem palavras envolvidas. Quando alguém diz: “és feio” a alguém, provavelmente tem esse pensamento treinado em relação a si mesmo, mesmo que seja bem no fundo do iceberg da sua consciência.

Quer seja diretamente ou indiretamente, aquilo que falamos das pessoas revela exatamente aquilo que achamos de nós. Porque o que sentimos, refletimos nas ações da nossa vida.

O erro da pessoa que fala mal é a emoção negativa. É uma necessidade urgente dela se voltar a si mesma, se olhar ao espelho e se ver de fora. Perguntar-se: “o que é que eu posso melhorar em mim?” A resposta é: tens de te sentir melhor.

Acompanhe a reflexão com Itamar Dias:


Podcasts
15/07/2019
Família reconhece corpo de homem encontrado no São Francisco
12/07/2019
Sindicato dos Servidores reage após corte de horas extras em Franca
12/07/2019
Frio e férias provocam queda de 50% nas doações de sangue em Franca
12/07/2019
Duas pistas de Cross estão prontas para os Jogos Regionais
11/07/2019
Alcoólicos Anônimos de Franca completam 44 anos; Ouça!