close

Aécio vira réu por corrupção e tentativa de obstrução a Lava Jato

Redação Pop Mundi 05/07/2019 17:53

O deputado federal, Aécio Neves (PSDB-MG) se tornou réu por corrupção passiva e tentativa de obstrução judicial das investigações da Operação Lava Jato. A Justiça Federal de São Paulo aceitou a denúncia feita pelo ex-procurador geral da República, Rodrigo Janot ao Supremo Tribunal Federal.

Aécio foi acusado pelo empresário Joesley Batista, do Grupo J&F, pelo recebimento de propina de R$ 2 milhões. A irmã dele, Andréa Neves, um primo e um assessor parlamentar também são acusados de corrupção passiva.

Os valores foram pagos em troca de favores políticos ao empresário. A defesa do deputado alega que “não há fato novo” e que vai provar que Aécio foi “vítima de ação criminosa de Joesley Batista”.

O Supremo Tribunal Federal (STF) bloqueou em março R$ 1,7 milhão em bens do deputado. Nesta decisão tomada no dia 02 de julho, o juiz federal, João Batista Gonçalves, determinou que Aécio e os outros réus sejam intimados e apresentem resposta à acusação.

 


Podcasts
15/07/2019
Família reconhece corpo de homem encontrado no São Francisco
12/07/2019
Sindicato dos Servidores reage após corte de horas extras em Franca
12/07/2019
Frio e férias provocam queda de 50% nas doações de sangue em Franca
12/07/2019
Duas pistas de Cross estão prontas para os Jogos Regionais
11/07/2019
Alcoólicos Anônimos de Franca completam 44 anos; Ouça!