close

Pesquisa de Franca sobre alzheimer é destaque na Argentina

Redação Pop Mundi 09/11/2019 11:13

Pesquisadores em Franca do Grupo de Pesquisa e Argumentação em Retórica da Universidade de Franca (PARE), ligado ao Programa de Mestrado e Doutorado em Linguística, levaram para congresso internacional na Argentina uma discussão sobre como tratar a doença de Alzheimer de uma maneira poética, ao mesmo tempo abordar o tema de forma direta e esclarecedora.

A partir de um estudo sobre a história em quadrinhos “Arrugas”, escrito originalmente em espanhol por Paco Roca, os pesquisadores do PARE Mariana Ferreira Santos, Luan Marques Domingues e Acir de Matos Gomes apresentaram no IV Congresso Internacional de Retórica e Interdisciplina, realizado pela Associação Argentina de Retórica e Universidade Nacional do Litoral (Santa Fé), como a HQ tem o poder de envolver o leitor e despertar paixões e ao mesmo tempo a reflexão diante de uma doença incurável, que muitas vezes acomete famílias a se distanciarem dos parentes enfermos.

“A análise retórica revelará que todos os signos utilizados para a composição do texto em estudo conseguem apresentar o Alzheimer aos leitores de uma maneira sensível, comovente, incluído aí a promoção de uma reflexão sobre a velhice e a efemeridade da vida”, argumentam os pesquisadores.

Pesquisadores participaram de Congresso Internacional na Argentina / Foto: Divulgação 

A discussão sobre como tratar a doença de forma contundente e ao mesmo tempo mais leve aconteceu nesta semana, no congresso que foi realizado em Santa Fé (Argentina) entre os dias 6 e 8 de novembro.

A história em quadrinhos foi lançada no Brasil em 2017 e conta sobre um ex-executivo bancário que sofre de Alzheimer e acaba sendo levado para um asilo depois que sua família não consegue mais lidar com as dificuldades provocadas pela doença. Por conta da profundidade da obra, a HQ conquistou diversos prêmios, como melhor roteiro e melhor obra espanhola no Salão de Quadrinhos de Barcelona (2007), melhor roteiro baseado em fatos do Diario de Avisos e Prêmio Nacional de Quadrinhos na Espanha (2008). Além de Brasil, a obra foi publicada na França e Itália. A história também virou desenho animado.

No mundo, o Alzheimer é responsável por 60% a 70% dos casos de demência em idosos. Aqui no Brasil, estima-se que 2,7 novos casos de demência surgem a cada 1 mil idosos por ano. Irreversível, a doença atua de forma gradual nas pessoas e não tem cura. Ela causa esquecimentos, perda do espaço geográfico até levar a pessoa a não conseguir mais comer e andar, já em estágio avançado.

A necessidade de a população buscar esclarecimento sobre essa enfermidade é uma maneira de tentar amenizar os impactos, com um tratamento precoce para aliviar os sintomas, e também conscientizar as famílias sobre formas de conseguir lidar com o problema.


Podcasts
16/11/2019
Confira a Mensagem do Dia de hoje
14/11/2019
Confira a Mensagem do Dia de hoje
13/11/2019
Confira a Mensagem do Dia de hoje
12/11/2019
Confira a Mensagem do Dia de hoje
11/11/2019
Confira a Mensagem do Dia de hoje