close

Professor é demitido após pedir redação sobre "sexo oral e anal"

Redação Pop Mundi 19/11/2019 09:55

Um professor de 25 anos que usou expressões de sexo explícito para alunos de 12 anos do 6º ano do Centro de Ensino Fundamental (CEF) 104, da Asa Norte, foi afastado do cargo e terá o contrato de temporário rescindido com a Secretaria de Educação do Distrito Federal.

O educador pediu aos estudantes para que fizessem uma redação sobre “sexo oral e anal”. No quadro escreveu as palavras para debater o tema com os alunos.

Os alunos tiraram fotos do conteúdo e gravaram os áudios durante a aula. Os pais ficaram inconformados com a situação e cobraram providências dos responsáveis. De acordo com a direção da unidade foram cinco queixas registradas na Polícia Civil contra o educador.

Fotos foram tiradas pelos alunos e pais ficaram revoltados / Foto: Reprodução TV Globo 

O professor Wendel Santana disse que “não recebeu treinamento adequado” e que propôs um exercício de linguagem e acrescentou “o exercício que propus foi trazer essa informação de linguagem informal e adapta-la para uma linguagem formal, que é a linguagem da educação de fato”.

Fachada do Centro de Ensino Fundamental (CEF) 104, da Asa Norte. — Foto: TV Globo/Reprodução

A Secretaria de Educação do Distrito Federal informou que além da rescisão do contrato com o educador temporário que “as autoridades policiais já foram comunicadas pela direção da escola e os estudantes receberão o devido apoio do Serviço de Orientação Educacional”.


Podcasts
10/12/2019
PM é chamado de macaco durante ocorrência em Franca
09/12/2019
Aeroporto é bicampeão do Campeonato Varzeano
09/12/2019
Campanha Fique Sabendo oferece exames gratuitos
09/12/2019
Pãozinho francês pode ter aumento nos próximos meses
27/11/2019
Confira a Mensagem do Dia de hoje