close

Substância tóxica em cerveja pode ter causado sintomas de doença em BH

Redação Pop Mundi 10/01/2020 18:35

Peritos da Polícia Civil visitaram a sede da cervejaria Backer após identificarem uma substância tóxica em duas garrafas da cerveja Belohorizontina, encontrada na casa de dois dos homens que estão internados com insuficiência renal e alterações neurológicas, até então causadas por uma doença misteriosa. A informação foi divulgada pela polícia e a Vigilância Sanitária na noite da última quinta-feira (9).

A perícia encontrou uma substância conhecida como dietilenoglicol que é uma substância sem cor e que apresenta gosto adocicado. Por ser anticongelante é bastante usada na indústria e a sua ingestão pode causar problemas como os que estão sendo diagnosticados nos sete pacientes internados e em Paschoal Demartini Filho, de 55 anos, que morreu na última terça-feira (7).

A substância foi encontrada pelos policiais e pela Vigilância Sanitária em dois lotes – L11348 e L21348. Antes de realizar coletiva para falar sobre a descoberta, a polícia visitou a sede da Cervejaria Backer, no Bairro Olhos D’água, na capital. Apesar disso, a polícia não confirma que a contaminação tenha acontecido no processo de fabricação da cerveja, ou seja, não há a informação de que a empresa seja responsável pela contaminação na bebida.

Nesta sexta-feira (10) os policiais vão analisar o material recolhido na sede da cervejaria. O prazo para que o resultado fique pronto é de 30 dias, mas os responsáveis afirmaram que vão tentar agilizar o processo. Por conta desta intoxicação, sete pessoas ainda seguem internadas em hospitais de Belo Horizonte e de Nova Lima, na região Metropolitana. Foram contabilizados nove registros, sendo que um deles foi descartado, o caso de um idoso de 76 anos.

O corpo de Paschoal Demartini Filho, de 55 anos, que estava internado em Juiz de Fora na Zona da Mata e morreu na última terça-feira passou por necropsia, porém o laudo ainda não foi divulgado. A Polícia Civil ainda abriu um inquérito para averiguar se há crime neste caso. A Backer, por sua vez, disse que está à disposição da justiça para auxiliar nas investigações.

Em nota, Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG) afirmou que “diante do laudo apresentado pela Polícia Civil, que comprova a presença de substância tóxica em cerveja consumida por pacientes internados em estado grave, em Belo Horizonte, convocou os profissionais da força tarefa que está investigando os casos, para definição dos encaminhamentos médicos, epidemiológicos e da Vigilância Sanitária, que serão informados posteriormente por meio de nota”.

Fonte: Portal Amirt


Podcasts
09/01/2020
Confira a Mensagem do Dia de hoje
06/01/2020
Confira a Mensagem do Dia de hoje
02/01/2020
Confira a Mensagem do Dia de hoje
27/12/2019
Confira a Mensagem do Dia de hoje
26/12/2019
Confira a Mensagem do Dia de hoje