close

Violência: Brasil registra um feminicídio a cada 7 horas

Redação Pop Mundi 06/03/2020 17:00

Número de feminicídios aumenta 7% em 2019, na comparação com o ano anterior. Ao todo, 1.314 mulheres foram mortas simplesmente pelo fato de serem mulheres. Média de uma ocorrência a cada sete horas. Os números são fruto de levantamento feito pelo portal G1, a Universidade de São Paulo, a USP, e o Fórum Brasileiro de Segurança Pública.

Chama a atenção o fato de que o total de feminicídios aumentou, mesmo num ano em que o número de homicídios de mulheres caiu. A redução chegou a 14%, pra cerca de 3.700 mortes. O feminicídio, nesse caso, seria, por exemplo, um assassinato cometido pelo marido ou companheiro, muitas vezes em casa e motivado por ciúme.

Enquanto o homicídio seria um crime sem relação com o fato de a vítima ser mulher, como durante um assalto. Os responsáveis pelo estudo ouviram especialistas para tentar entender esse cenário. Uma das principais possibilidades seria o fato de que, antes, não havia um entendimento sobre o que é o feminicídio.

E os registros policiais tratavam todo assassinato de mulher da mesma forma, como homicídio, independentemente da motivação do crime. Desde 2015, a Lei brasileira prevê penas mais graves para o feminicídio. Alguns especialistas ainda defenderam mais políticas públicas no sentido de conscientizar e educar a população sobre a igualdade de gêneros. Além de ações preventivas e que reforcem os direitos das mulheres.

 


Podcasts
30/05/2020
Padre Marcelo: ouça o programa de hoje
29/05/2020
Padre Marcelo: ouça o programa de hoje
22/05/2020
Padre Marcelo: ouça o programa de hoje
21/05/2020
Padre Marcelo: ouça o programa de hoje
20/05/2020
Padre Marcelo: ouça o programa de hoje