close

Relação homoafetiva: PM matou cabeleireiro no Jardim Paulistano

Redação Pop Mundi 28/07/2020 17:52

Informações obtidas com exclusividade pela equipe do portal Pop Mundi e rádio Imperador, o crime ocorrido na madrugada de sábado (25) no Jardim Paulistano já foi esclarecido pela polícia.

Um policial militar lotado no 15º Batalhão seria o autor dos tiros que mataram o barbeiro (cabeleireiro) Mateus Gustavo Silva que tinha 25 anos. A vítima foi baleada pelas costas e acabou não resistindo aos ferimentos.

Na ocasião imagens de uma câmera de segurança flagraram Mateus descendo carro e discutindo com o autor que acelera ainda com as portas abertas e depois volta na avenida Brasil, desce do Voyage e atira em Mateus que cai na esquina da avenida Francisco Delfino dos Santos.

Ele chegou a ser socorrido mas não resistiu aos ferimentos. O trabalho de inteligência da polícia chegou até o militar que segundo consta, mantinha um relacionamento homossexual com o barbeiro.

Ele deve ser encaminhado para o presídio Romão Gomes na capital paulista onde irá cumprir pena pelo crime de homicídio. O PM estava prestes a se transformar em sargento na corporação e acabou literalmente dando um tiro no pé.


Podcasts
06/08/2020
Padre Marcelo Rossi: ouça o programa de hoje
05/08/2020
Padre Marcelo Rossi: ouça o programa de hoje
04/08/2020
Padre Marcelo: ouça o programa de hoje
03/08/2020
Padre Marcelo: ouça o programa de hoje
01/08/2020
Padre Marcelo: ouça o programa de hoje