close

Anvisa autoriza retomada dos testes da CoronaVac

Redação Pop Mundi 11/11/2020 15:59

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária, a Anvisa, autorizou a retomada dos testes da vacina contra o coronavírus que está desenvolvida em parceria entre o Instituto Butantan e a empresa chinesa Sinovac. 

Os testes do imunizante, conhecido como CoronaVac, estão na fase 3, que é última etapa necessária para o uso em massa ser aprovado, mas, na segunda-feira à noite, a Anvisa determinou a suspensão dos estudos, devido a ocorrência de um evento adverso grave envolvendo um dos 9 mil voluntários, no final de outubro.  

A decisão acabou escancarando as questões políticas que envolvem a vacina no BrasilO presidente Jair Bolsonaro chegou a comemorar como sendo uma 'vitória' dele a paralisação dos testes da CoronaVac, vacina que é a grande aposta do estado de São Paulo, governado por João Dória.  

Ao saber da interrupção dos testes, o Instituto Butantan, inclusive, manifestou surpresa, já que o evento adverso em questão não teria relação direta com a vacina - e, na terça, a informação de que o voluntário teria cometido suicídio se tornou pública.  

Em nota, a Anvisa informou que "após avaliar os novos dados apresentados pelo patrocinador depois da suspensão do estudo, entende que tem subsídios suficientes para permitir a retomada da vacinação e segue acompanhando a investigação do desfecho do caso para que seja definida a possível relação de causalidade entre o evento adverso grave inesperado e a vacina.” 

Coronavac está sendo testada em 12 centros de pesquisa do país. Além de São Paulo, os testes acontecem também em Brasília, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Rio Grande do Sul e Paraná. 

Foto: Reprodução 

 


Podcasts
21/11/2020
Padre Marcelo: ouça o programa de hoje
20/11/2020
Padre Marcelo: ouça o programa de hoje
19/11/2020
Padre Marcelo: ouça o programa de hoje
18/11/2020
Padre Marcelo: ouça o programa de hoje
17/11/2020
Padre Marcelo: ouça o programa de hoje