close

Após 77 anos, eleita primeira mulher na Associação dos Advogados de SP

Redação Pop Mundi 19/12/2020 18:06

Pela primeira vez, em 77 anos de fundação, a Associação dos Advogados de São Paulo será presidida por uma mulher. A pioneira é a advogada da área de família e sucessões, Viviane Girardi, eleita por unanimidade pelo Conselho Diretor da entidade.

A presidente eleita e a nova diretoria assumem suas funções em 1º de janeiro de 2021. Os demais integrantes da diretoria são as advogadas e advogados: Fátima Cristina Bonassa, vice-presidente; Mário Luiz Oliveira da Costa, 1º Secretário; Eduardo Foz Mange, 2º Secretário; André Almeida Garcia, 1º Tesoureiro: Paula Lima Hyppolito dos Santos Oliveira, 2ª Tesoureira; Silvia Rodrigues Pereira Pachikoski, Diretora Cultural;  Ruy Pereira Camilo Junior, Diretor Adjunto e Flávia Hellmeister Clito Fornaciari Dórea, Diretora Adjunta.

Após a eleição, a presidente eleita da AASP, Viviane Girardi afirmou “Isso é motivo de orgulho para todas nós mulheres, porque transcende  a Associação dos Advogados de São Paulo e demonstra o que é a trajetória das mulheres  em busca da representatividade e de ocupação dos espaços de poder. Não é uma busca da representatividade e dos espaços de poder por uma questão de divisão e de luta; muito pelo contrário, por trás disso há uma trajetória, há uma caminhada, há uma luta das mulheres, não sem o peso e o ônus desconhecido pelos nossos pares homens"

Viviane acrescentou "A trajetória das mulheres é marcada de forma diferente. É preciso lembrar que a nossa sociedade é marcada pelo patriarcado, que determinou os lugares das mulheres  na vida doméstica e no ambiente privado , dando aos homens a esfera pública e as esferas de ocupação de poder.  Durante muito tempo, nós mulheres não tínhamos voz e na verdade eram os homens que determinavam o que era bom  ou ruim para nós mulheres. Atuo na área de família e quero destacar que quando as mulheres se casavam elas perdiam  relativamente a capacidade, isso é algo muito significativo e demonstra muito  o que foi a sociedade brasileira dos resquícios  em relação a isso''

Nova diretoria da Associação dos Advogados de SP / Divulgação 

Girardi complementou: “A advocacia está cada vez mais se feminizando, se tornando uma profissão majoritariamente de mulheres, embora nós tenhamos ainda muita dificuldade em chegar aos cargos de chefia e de poder. Nos grandes escritórios, por exemplo,  temos uma massa de 50 a 60% de mulheres formando a estrutura de trabalho, não obstante o número que chega aos cargos de poder seja de 30%.”

Ela declarou ainda: “A AASP, refletindo  o atual momento da sociedade, nos últimos anos reconhece a presença feminina na advocacia, percebe e tem a sensibilidade para o fato do enorme contingente de mulheres associadas e sente que elas  precisam estar representadas  e  reconhecidas, que tenham  espaço, voz e participação. Nós podemos contribuir muito com a visão que temos da sociedade.”

Perfil da presidente eleita

Viviane Giradi,  vice-presidente da AASP, é advogada especialista em direito de família e sucessões. Doutora em Direito Civil pela Universidade de São Paulo, USP.

Mestre em Direito Civil pela Universidade Federal do Paraná (UFPR). Especialista em Direito Civil pela Universidade de Camerino, Itália. Na Associação dos Advogados (AASP) ocupou os cargos de Diretora Cultural (2015 e 2016); 2ª Secretaria (2017); 1ª Secretária (2018); Vice-presidente (2019 e 2020).

Foto: Divulgação 

 


Podcasts
25/02/2021
Padre Marcelo: ouça o programa de hoje
12/02/2021
Padre Marcelo: ouça o programa de hoje
11/02/2021
Padre Marcelo: ouça o programa de hoje
10/02/2021
Padre Marcelo: ouça o programa de hoje
09/02/2021
Padre Marcelo: ouça o programa de hoje