“Quem mais sofre são os pobres” diz bispo Dom Paulo

Redação Pop Mundi

Os novos escândalos políticos no país são assuntos importantes e que também chegam a ser discutidos nas igrejas durante as celebrações e missas.

Após pequenas melhoras no setor econômico, as denúncias de envolvimento do presidente, Michel Temer (PMDB), com pagamento de propina para calar o ex-presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), o cenário voltou a ficar conturbado e os prejuízos já começam a refletir diretamente na população.

Em pronunciamento na tarde desta quinta-feira (18), Temer, negou que irá renunciar ao cargo e desmentiu qualquer envolvimento em atos ilícitos. Apesar da defesa, o governo sofre as consequências do episódio e a governabilidade está comprometida.

Em entrevista ao repórter Samuel Cintra pela Rádio Imperador AM 920 e Pop Mundi, Dom Paulo Roberto Beloto, bispo da Diocese de Franca disse que “a Igreja apoia a verdade, nós estamos num momento muito crítico. É um momento no Brasil que a gente fica perplexo com tudo que está acontecendo, por isso é momento de tirar lições com essas crises. Há uma situação muito negativa até um pouco desolados, quando nós vemos pessoas que estão a frente do país cometendo esses atos que acabam tendo consequências para os mais pobres” explicou.

Ouça a entrevista completa