close

Brasil recebe mais 11,6 milhões de doses da vacina Covid-19

Redação Pop Mundi 19/06/2021 09:48

A campanha de vacinação contra Covid-19 ganhou o reforço de 11,6 milhões de doses de imunizantes nesta semana. Esse foi o número de doses da Pfizer, Astrazeneca/Fiocruz e Coronavac/Butantan entregues ao Ministério da Semana de 14 a 18 de junho.

Desse total de doses recebidas, 9,2 milhões foram produzidas no Brasil. É o caso das 5 milhões de doses da AstraZeneca/Fiocruz e das 4,2 milhões da Coronavac, produzidas pelo Instituto Butantan. O Brasil ainda recebeu 2,4 milhões de doses da Pfizer, que desembarcaram no País em três voos durante a semana.

As doses dos imunizantes serão distribuídas para todo o Brasil nos próximos dias. A estratégia de distribuição das vacinas Covid-19 é revisada semanalmente em reuniões entre União, estados e municípios, observando as confirmações do cronograma de entregas por parte dos laboratórios.

O objetivo é garantir a cobertura do esquema vacinal no tempo recomendado de cada imunizante, que no caso da Pfizer e AstraZeneca, é de 12 semanas entre as doses. Já para a Coronavac o intervalo é de quatro semanas.

MAIS VACINAS

Na quinta-feira (17), o Ministério da Saúde iniciou a distribuição de mais 4,2 milhões de doses de vacinas Covid-19 para todos os estados e Distrito Federal. São novos lotes contendo 1,8 milhão de doses da Coronavac/Butantan, e 2,3 milhões de doses da Pfizer/BioNTech.

As vacinas são destinadas à continuidade da vacinação de grupos prioritários, como pessoas com comorbidades, pessoas com deficiência permanente, profissionais do ensino básico, além de trabalhadores do transporte aéreo e agentes das forças de segurança e salvamento, Forças Armadas, população ribeirinha, profissionais de saúde e pessoas acima de 60 anos que vivem em instituições de longa permanência.

Nessa pauta de distribuição, as vacinas da Pfizer são destinadas para primeira dose. Para as vacinas do Butantan, o Programa Nacional de Imunizações (PNI) recomenda que os estados façam a reserva da segunda dose.

O Ministério da Saúde, o Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass) e o Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (Conasems) definiram, em comum acordo, que as vacinas da AstraZeneca/Fiocruz que se encontram no cronograma de entrega do mês de junho fiquem resguardadas em um primeiro momento. O objetivo é completar os esquemas iniciais já iniciados e que possuem vencimento em breve.

PÁTRIA VACINADA

O Ministério da Saúde já entregou mais de 115 milhões de doses da vacina Covid-19 para estados e Distrito Federal. Até o momento, mais de 85 milhões de doses já foram aplicadas. Isso corresponde a mais de 57,4 milhões de brasileiros vacinados com pelo menos uma dose; e 24 milhões já protegidos com as duas doses.

Conforme a última projeção de entrega de vacinas divulgada pelo Ministério da Saúde, no mês de junho serão recebidas 37,9 milhões de vacinas e quase 42 milhões no mês seguinte. Ao todo, já estão encomendadas mais de 662 milhões de unidades de imunizantes, mais do que suficiente para vacinar toda a população com duas doses.

Informações do Ministério da Saúde 

Foto: Reprodução


Podcasts
24/04/2021
Padre Marcelo: ouça o programa de hoje
23/04/2021
Padre Marcelo: ouça o programa de hoje
22/04/2021
Padre Marcelo: ouça o programa de hoje
21/04/2021
Padre Marcelo: ouça o programa de hoje
19/04/2021
Padre Marcelo: ouça o programa de hoje